You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

20/02/2018
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Política

Política

Brincando de legislar: Vereadores de Nobres se especializam em criar leis de gaveta

Brincando de legislar: Vereadores de Nobres se especializam em criar leis de gaveta

Disciplinar o tráfego de veículos pesados no centro da cidade é uma dessas leis que "mofam" em uma gaveta qualquer. Ela tem o número 871/2003, de 04 de setembro de 2.003, e nunca teve validade atestada. Recentemente, até no pátio da feira tinha carreta estacionada, em frente ao estádio "Balizão", numa afronta às normas existentes.

O Código de Postura do município não é cumprido e é motivo de cizânia entre a igreja e o governo municipal numa batalha sem precedentes com alfinetadas públicas contra a figura do prefeito municipal. Tudo por causa da zoeira existente na cidade mais festiva da Baixada Cuiabana embora ninguém saiba explicar de onde vem tanto apetite assim para festas, salvo a vontade dos promotores de eventos em fazer dinheiro.

Mas, chama a atenção uma lei de grande interesse público criada pelo então vereador Carlos Marques Ribeiro  (foto, acima), que obriga o município a promover exames de vista e auditivo em todos os alunos da rede pública municipal. A lei foi criada e vetada pelo então prefeito e os vereadores derrubaram o veto para fazer valer a vontade do autor da matéria, na crença de que o benefício atingiria dezenas de crianças que podem ter problemas de visão e auditivo, fato que pode prejudicar no aprendizado.

A lei foi criada, veto derrubado, matéria aprovada e de lá para cá ninguém nunca mais ouviu falar nada sobre isso. Agora que é secretário da Educação, vai saber se o prof. Carlos Marques Ribeiro cumpre a lei que é de sua autoria. Cabe ao Sintep cobrar do governo essa medida, de grande alcance social e que viria a beneficiar dezenas e até centenas de crianças que podem ter algum tipo de deficiência auditiva. Além de reivindicar por melhores condições de trabalho e por salários justos, o sindicato classista poderia dar uma mãozinha às famílias carentes, cobrando a execução da lei.

Recentemente, o ex-conselheiro do TCE/MT, Júlio Campos, em elogio ao governador Blairo Maggi, ironizou com o Sintep, ao dar parabéns a Maggi por dar a Educação para o PT e ao mesmo calar o Sintep. Em outras palavras, o que não é o caso de Nobres, se se quiser evitar divergências com o Sintep, junte-se a ele.

Leis foram feitas para ser cumpridas e o governo precisa cumprir essa lei, que garante exame de vista e de audição a alunos carentes da rede municipal. Caso haja negativa no cumprimento da lei, que se recorra ao Ministério Público Estadual.

Voltaremos ao assunto.

Last Updated ( Monday, 01 March 2010 19:55 )

 

Vereador Silvestre cobra respostas para a saúde pública

Vereador Silvestre cobra respostas para a saúde pública

Além da apresentação de 12 indicações que visam melhorias em estradas e pontes da zona rural, o vereador Silvestre da Silva Campos (foto, do PR) foi inciso nas cobranças ao prefeito José Carlos da Silva (PR) em relação á saúde no municípi

priligy online Last Updated ( Monday, 01 March 2010 19:53 )

Com as máquinas e caminhões, espera-se que este cenário seja banido de Nobres

Com as máquinas e caminhões, espera-se que este cenário seja banido de NobresA administração municipal de Nobres não terá mais nenhuma desculpa a dar a população em relação ao que se vê em períodos chuvosos nos bairros da cidade, notadamente no Ponte de Ferro, que se transforma em riacho com as chuvas que caem, ano

Last Updated ( Thursday, 11 February 2010 12:03 )

Em Nobres, Silval Barbosa anuncia mais benefícios para o município

Em Nobres, Silval Barbosa anuncia mais benefícios para o municípioO governador Blairo Maggi, além de equipar todos os municípios do Estado de Mato Grosso com caminhões e máquinas dentro do programa "Mato Grosso 100% Equipado", ainda dá uma demonstração de companheirismo político ao passar a missão para Sil


Riva e Eliene passam por Nobres e discutem momento político com progressistas

Riva e Eliene passam por Nobres e discutem momento político com progressistasPor cerca de três horas os integrantes do Partido Progressista estiveram reunidos no gabinete do prefeito José Carlos da Silva na noite de 13 de janeiro de 2.010, e o tema não seria outro senão a conjuntura política local/estadual e por que não

Prefeito, vice-prefeito, secretários e o vereador Silvestre visitam futuras instalações da escola agrícola

Prefeito, vice-prefeito, secretários e o vereador Silvestre visitam futuras instalações da escola agrícola

Por durante quase toda a manhã de 12 de dezembro, uma comitiva visitou as futuras instalações da escola agrícola e dela fizeram parte, o prefeito de Nobres, José Carlos da Silva, vice-prefeito Ismael Baraviera, secretários municipais Evandro Qu



Last Updated ( levitra online Wednesday, 16 December 2009 10:37 )

Pedro Taques profere palestra em Nobres e diz que Cesare Batisti tem que “voltar pra casa”

As dependências da Câmara de Vereadores de Nobres bem que poderia estar muito mais lotada que esteve na noite de 27 de novembro de 2.009, quando da palestra proferida pelo Procurador da República Pedro Taques (foto, ao lado). Essa talvez tenha sid

Last Updated ( Monday, 14 December 2009 21:45 )

Read more...

A campanha já começou em Nobres com novas promessas

Bairro falta água, faltam ruas e infra-estrutura, falta iluminação, faltam sanitários em buy generic propecia online muitas casas e, acima de tudo, falta dignidade no trato com as pessoas que moram ali, há anos.
buy clomid promessas e promessas

Last Updated ( Saturday, 28 November 2009 02:32 )

Read more...
Page 42 of 42

TRINCHEIRA LIII

Clima Quente Na Câmara de Vereadores o clima andou quente na noite de reabertura dos trabalhos legislativos de 2018. Tem gente que não pode ver plateia que quer jogar pra ela; já outros, na condição de reserva, querem entrar em campo como sendo titular. Quando a Casa está cheia tem dessas coisa

Jogo de xadrez

O trade turístico vive uma situação ilusória, onde querer não é poder. Ou seja, o desejo de melhorar as instalações, de se adequar melhor cada receptivo sempre esbarra num velho problema, a falta de comprovação da propriedade para poder contrair financiamentos. Sem a titulação, vivem-se