You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

17/12/2017
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Política População

População

Selo Unicef premia esforço de Nobres pelas boas práticas na área social

Selo Unicef premia esforço de Nobres pelas boas práticas na área social

O Fundo das Nações Unidas Para Infância (Unicef) entregou selos de melhorias nos indicadores infantis a 30 municípios de Mato Grosso na tarde de sexta-feira (25.11), no salão Nobre Cloves Vetoratto, Palácio Paiaguás, em Cuiabá. As cidades que ganharam os selos avançaram em melhorias nos indicadores da Infância e do Adolescente. 

O Unicef certifica, a cada quatro anos, municípios que tenham boas práticas com a garantia dos direitos da criança e do adolescente, mostrando que o trabalho desenvolvido naquela localidade traz benefícios para a população menor de idade e premiando o trabalho de cada uma dessas gestões com as ações desenvolvidas. Na edição passada, nove municípios de Mato Grosso receberam o selo. (Fotos: ASCOM/PMNBS).

O coordenador do Programa Cidadania dos Adolescentes do Unicef, Mario Volpi, agradeceu o empenho do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), para a aprovação dos 30 municípios, dando suporte para avançar nos índices da Saúde, Educação e Assistência Social.

“O Unicef faz um esforço no mundo inteiro para transformar leis, papeis e efetivar as políticas públicas e garantir que todas as crianças tenham seus direitos garantidos. Não é só reconhecer os municípios, precisamos trabalhar com a indivisibilidade dos direitos das crianças e dos adolescentes. Temos que agradecer o Estado de Mato Grosso pelo apoio dado. Agora é só avançar, não podemos retroceder”, enfatizou.

O secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social, Valdiney de Arruda, destacou a importância dos esforços coletivos para que a certificação dos 30 municípios pelo Selo Unicef. “Estamos diante de mudança de paradigmas e de indicadores. Tivemos um bom número de aprovados, mas ainda faltam muitos nesse universo de 141 municípios de Mato Grosso. Não iremos retroceder. Temos desafios para os próximos anos, pois queremos que nos próximos quatro anos tenhamos, ao menos, 50% dos municípios certificados pelo Selo Unicef. Para isso, vamos melhorar a gestão, a transparência e o processo de inclusão social”.

Fábio clomid online Moraes, coordenador do escritório da Unicef para Mato Grosso, destacou o legado deixado nas cidades que participaram do processo. “É uma alegria, uma emoção muito grande certificar esses municípios. Tivemos muitos enfrentamentos e ainda assim chegamos em Mato Grosso e hoje certificamos 30 municípios. A Setas foi muito parceria e o secretário Valdiney não mediu esforços para dar apoio na execução do nosso trabalho. Tivemos muitos parceiros. É um grande legado, uma formação continuada e esse laço está criado. Não foi simples chegar nesse resultado, mas vale a pena enfrentar esses desafios”, comemorou.

O prefeito de Nobres, Sebastião Gilmar Luiz da Silva (foto), destacou a importância da mobilização da sociedade para realizar as ações integradas, com melhores resultados. “Hoje, falo em nome de muitos prefeitos. Em 2013 recebemos o convite para participar do selo Unicef, aceitamos de imediato o desafio e começamos a melhorar os indicadores da Educação, Assistência Social e Saúde. Não medimos esforços para nos adequar e concretizar as ações que propusemos para melhorar os índices. Mobilizamos a sociedade de Nobres e tivemos um grande engajamento. Hoje estamos colhendo os frutos desse trabalho e sabemos que essas mudanças serão ampliadas e continuadas. Agrademos o apoio de todos que nos auxiliaram”, ressaltou o prefeito de Nobres.

Anelise Cândido, presidente do Conselho Estadual da Criança e do Adolescente (Cedca), falou sobre a necessidade em priorizar as políticas públicas voltadas para a criança e adolescente. “A criança e o adolescente é o hoje da nossa nação. Visualizamos que ainda assim elas ficam secundarizadas nas políticas de governo. Apesar das dificuldades, é preciso parabenizar os gestores que se dedicaram para melhorar esses índices e receber o Selo Unicef. É um momento feliz e premia o esforço coletivo dos conselhos, secretarias, associações”, disse

Bruna Alves Medeiros, 18 anos, moradora de Paranaíta, teve sua primeira experiência com os direitos de criança de adolescentes aos 15 anos. “Posso dizer que mudou a minha vida neste período de três anos. Em 2011, era apenas a convidada de uma audiência pública. Lá, ganhei um exemplar do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA) e fui lendo. Passei a me inteirar sobre os nossos direitos e percebi que estamos precisando de ajuda. Agora eu sei que temos muitos direitos. Minha cidade é bem pequena e infelizmente temos muitos problemas, melhoramos muito e por isso meu município conquistou o selo. Não é fácil mudar estruturas e lei, mas nós conseguimos. A mudança deve começar por nós, a mudança individual gera a coletiva”, contou.

Rodrigo Ricieri, articulador do Selo Unicef no município de Matupa, destacou que os gestores do município seguiram as recomendações feitas pela Unicef e o resultado foi positivo. “Ser o articulador do Selo Unicef pra mim é uma grande honra e tivemos a felicidade de ser contemplado. Fico feliz em saber que avançamos na execução das politicas públicas e nas ações em proteção a criança e adolescente. Estamos sendo reconhecidos por esses avanços. É motivador. Somamos quase quatro anos de trabalho, seguindo a metodologia proposta pela Unicef. Tenho certeza que muitos sonharam em receber esse título, mas o resultado vem da importância que nós damos as políticas públicas em nosso município”, alertou.

Fábio Moraes, coordenador do escritório da Unicef para Mato Grosso, destacou o legado deixado nas cidades que participaram do processo. “É uma alegria, uma emoção muito grande certificar esses municípios. Tivemos muitos enfrentamentos e ainda assim chegamos em Mato Grosso e hoje certificamos 30 municípios. A Setas foi muito parceria e o secretário Valdiney não mediu esforços para dar apoio na execução do nosso trabalho. Tivemos muitos parceiros. É um grande legado, uma formação continuada e esse laço está criado. Não foi simples chegar nesse resultado, mas vale a pena enfrentar esses desafios”, comemorou.

O prefeito de Nobres, Sebastião Gilmar Luiz da Silva, destacou a importância da mobilização da sociedade para realizar as ações integradas, com melhores resultados. “Hoje, falo em nome de muitos prefeitos. Em 2013 recebemos o convite para participar do selo Unicef, aceitamos de imediato o desafio e começamos a melhorar os indicadores da Educação, Assistência Social e Saúde. Não medimos esforços para nos adequar e concretizar as ações que propusemos para melhorar os índices. Mobilizamos a sociedade de Nobres e tivemos um grande engajamento. Hoje estamos colhendo os frutos desse trabalho e sabemos que essas mudanças serão ampliadas e continuadas. Agrademos o apoio de todos que nos auxiliaram”, ressaltou o prefeito de Nobres.

Anelise Cândido, presidente do Conselho Estadual da Criança e do Adolescente (Cedca), falou sobre a necessidade em priorizar as políticas públicas voltadas para a criança e adolescente. “A criança e o adolescente é o hoje da nossa nação. Visualizamos que ainda assim elas ficam secundarizadas nas políticas de governo. Apesar das dificuldades, é preciso parabenizar os gestores que se dedicaram para melhorar esses índices e receber o Selo Unicef. É um momento feliz e premia o esforço coletivo dos conselhos, secretarias, associações”, disse

Bruna Alves Medeiros, 18 anos, moradora de Paranaíta, teve sua primeira experiência com os direitos de criança de adolescentes aos 15 anos. “Posso dizer que mudou a minha vida neste período de três anos. Em 2011, era apenas a convidada de uma audiência pública. Lá, ganhei um exemplar do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA) e fui lendo. Passei a me inteirar sobre os nossos direitos e percebi que estamos precisando de ajuda. Agora eu sei que temos muitos direitos. Minha cidade é bem pequena e infelizmente temos muitos problemas, melhoramos muito e por isso meu município conquistou o selo. Não é fácil mudar estruturas e lei, mas nós conseguimos. A mudança deve começar por nós, a mudança individual gera a coletiva”, contou.

Rodrigo Ricieri, articulador do Selo Unicef no município de Matupa, destacou que os gestores do município seguiram as recomendações feitas pela Unicef e o resultado foi positivo. “Ser o articulador do Selo Unicef pra mim é uma grande honra e tivemos a felicidade de ser contemplado. Fico feliz em saber que avançamos na execução das politicas públicas e nas ações em proteção a criança e adolescente. Estamos sendo reconhecidos por esses avanços. É motivador. Somamos quase quatro anos de trabalho, seguindo a metodologia proposta pela Unicef. Tenho certeza que muitos sonharam em receber esse título, mas o resultado vem da importância que nós damos as políticas públicas em nosso município”, alertou.

O Selo Unicef Município Aprovado é uma certificação internacional concedida pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) que reconhece avanços reais e positivos na vida de crianças e adolescentes, valorizando o esforço de municípios em ampliar e melhorar políticas públicas que promovam, protejam e realizem direitos de crianças e de adolescentes.

Na primeira edição do Selo, ocorrida entre 2009 e 2012, pouco mais de 550 municípios aderiram à iniciativa. Em 2013, 611 municípios da Amazônia aceitaram o convite para participar da segunda edição. Este resultado foi conseguido graças a uma forte articulação e apoio dos governos estaduais e parceiros privados e da sociedade civil. Nos últimos quatro anos, os municípios desenvolveram dezenas de atividades de mobilização.

Ao todo, 294 municípios realizaram o 1º e o 2º Fóruns Comunitários, etapas obrigatórias da iniciativa, além de outras atividades de participação social e de gestão. Em Mato Grosso, 90 municípios se inscreveram na iniciativa e 30 deles receberão a certificação.

São eles:

Acorizal
Alta Floresta
Alto Taquari
Apiacás
Arenápolis
Barra do Bugres
Cáceres
Campo Novo do Parecis
Campo Verde
Cláudia
Comodoro
Cuiabá
Glória D'Oeste
Ipiranga do Norte
Jangada
Marcelândia
Matupá
Nobres
Nortelândia
Paranaíta
Pedra Preta
Pontes e Lacerda
Porto dos Gaúchos
Primavera do Leste
Querência
Santo Antônio do Leste
São Félix do Araguaia
São José do Rio Claro
Sinop
Tangará da Serra

Nobres presente

O município de Nobres figura dentre os 30 municípios que receberam essa menção honrosa, entregue na tarde de 25 de novembro no Plenário “Clóves Vetoratto”, anexo ao Palácio Paiaguás.

Coube ao prefeito Sebastião Gilmar Luiz da Silva, de Nobres, representar os prefeitos dos municípios premiados com o Selo Unicef, onde esteve presente a comitiva de Nobres formada pela secretária municipal de Assistência Social e primeira dama Eva Valdinéia Pereira, coordenadora do CRAS Maria Valdinéia, assistente social Josimari Pereira, uma das articuladoras do Selo Unicef em Nobres; Hernani Alves, presidente do CMDCA, Ana Cristina e José Domingos.

Em propecia online nome dos prefeitos, Gilmarzinho da Ecoplan, agradeceu a aprovação e dedicou essa menção aos demais servidores municipais sob gerenciamento da primeira dama do município de Nobres, Eva Valdinéia e brilhante equipe da área social.

De acordo com a primeira dama do município de Nobres, os investimentos na área social que abrangeram recém nascidos, crianças, adolescentes, idosos e a família como um todo resultam de ações integradas e do envolvimento de uma equipe de pessoas, sem distinção de cargo ou função, que estiveram comprometidas com as ações da administração do prefeito Sebastião Gilmar no social. “É o coroamento de um trabalho envolvente, dignificante e de muitos atores, dos que saíram e dos que continuaram, até chegar a essa conquista exemplar para todos de Nobres, porque agimos no contexto do presente com o olhar voltado para o futuro de cada família”, assinala Eva Valdinéia Pereira (foto, ao centro, ladeada por representantes da área social)..

Participaram daquele ato, compondo o dispositivo de honra, o secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social, Valdiney de Arruda; o coordenador do Programa Cidadania dos Adolescentes do Unicef, Mario Volpi; Fábio Moraes, coordenador do escritório da Unicef para Mato Grosso; O prefeito de Nobres, Sebastião Gilmar Luiz da Silva; Anelise Cândido, presidente do Conselho Estadual da Criança e do Adolescente (Cedca); Bruna Alves Medeiros, 18 anos, moradora de Paranaíta; Rodrigo Ricieri, articulador do Selo Unicef no município de Matupa; e a primeira-dama de Acorizal, presidente da Associação das Primeiras Damas de Mato Grosso (APDM-MT).

Fonte: Tribuna de Nobres com Secom-MT.

Last Updated ( Tuesday, 29 November 2016 18:47 )

 

Praça é reinaugurada no bairro São José, na cidade de Nobres

Praça é reinaugurada no bairro São José, na cidade de Nobres

A união de esforços da iniciativa privada, do poder público e do Terceiro Setor possibilitou uma melhoria ao município de Nobres (MT) para beneficiar a população de forma permanente. A Praça João Goulart, localizada no bairro São José, ganh

Last Updated ( Monday, 07 November 2016 13:32 )

Sistema público buy levitra municipal de Saúde precisa passar por avaliação aprofundada

Sistema público municipal de Saúde precisa passar por avaliação aprofundada

A ex-contadora e ex-candidata a prefeita, Maria de Lourdes, morta em acidente automobilístico em agosto de 2012, chegou a comandar administrativamente o hospital conveniado e foi uma das primeiras a avaliar que o modelo de gestão do sistema públic

Last Updated ( Wednesday, 05 October buy clomid 2016 20:49 )

HPV: setor de Saúde municipal realizará exames preventivos

HPV: setor de Saúde municipal realizará exames preventivos

Está previsto para o dia 23 deste mês de julho de 2016, o início da Campanha de Combate ao câncer de colo de útero, quando se realizará a coleta de exame preventivo nas unidades de saúde dos bairros Jardim Glória, Jardim Petrópolis, São Jos

MP: prazo pode ser até 2018 para municípios acabarem com lixões

MP: prazo pode ser até 2018 para municípios acabarem com lixões

Texto do relator também prevê diminuição de impostos sobre armas e novo prazo

de contratos de energia elétrica entre geradoras e grandes empresas

   

O relatório da Medida Provisória 649/14, apresentado pelo deputado Andre Moura (PSC-SE)

Last Updated ( Tuesday, 26 August 2014 10:52 )

Read more...
  • «
  •  Start 
  •  Prev 
  •  1 
  •  2 
  •  3 
  •  4 
  •  5 
  •  6 
  •  7 
  •  8 
  •  9 
  •  10 
  •  Next 
  •  End 
  • »
Page 1 of 15

TRINCHEIRA LII

Cedo Ainda? A verdade é que já começa a causar reboliço essa conversa de que Marcos Cheba possa ser um virtual candidato ao Legislativo em 2020. Mas já há comentários nesse sentido, levando-se em conta esse seu papel de liderança junto ao governo municipal. Será mesmo? Isso não é incomodan

Persistência e desigualdade

Como fazer para reverter á desigualdade na luta contra os crimes ambientais nos rios de Nobres? A pergunta faz sentido na medida em que se sabe e se vem percebendo que o Rotary Club de Nobres vem insistindo na preservação e em muitos trechos na recuperação da mata ciliar dos rios Nobres e Serra