You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

22/05/2018
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Editorial

Editorial

De louco...

“Dizem que de louco todo mundo tem um pouco”, segundo Augusto Branco. Como nem sempre é possível ganhar notoriedade por assumir posturas normais e ter atitudes iguais a de todo mundo, o cidadão tira uma onda de louco e produz o que lhe vem à cabeça, sem se importar com a veracidade dos fatos.

Em período pré-eleitoral, as sandices produzidas pelo cidadão ganham um certo prestígio perante o baixo clero e quando um ou outro desavisado não compartilha das suas pouco prestimosas notas informativas, ele “despacha” ao deleite dos grupos que adoram o anonimato do “WhatsApp” para ver se a popularidade aumenta. Tem gente que posa de intelectual e de cultura de vanguarda que trata de garantir amplitude a esse tipo de notícia.

Recentemente, um empresário lamentou o fato de ter participado de uma reunião política e de lá seu nome virar notícia como sendo virtual candidato a um cargo majoritário. Esse tipo de informação prejudica negócios e relações pessoais, tornando-se um problema a quem tem o nome ventilado, assim do nada, provavelmente, por estar no lugar errado e na hora errada.

Em que cabeça, com um mínimo de neurônio, pode-se fazer acreditar que a hierarquia política e administrativa possa ser alterada por ingerência de auxiliares? É quando entra em cena alguém com poderes mediúnicos para incorporar o inimitável Raul Seixas e sair por aí, tirando uma de “maluco beleza”.

Há muitos se esforçando por aí para ser um sujeito normal e fazer tudo igual. Já outros, bem ali, “aprendendo a ser louco” e praticando uma espécie de loucura real. O culto à sandice e a produzir inventivas urdidas de um imaginário em que algumas pessoas são tidas como inimigas pessoais e estas devam ser alvo de criações informativas meramente falaciosas, só pode nascer de uma mente invigilante.

Uma priligy online jornalista, experiente por sinal, destaca em seu site que Nobres tem absorvido informações de um pseudojornalista, com atribuições de paranormalidade e que aquele seria dono de uma empresa de fundo de quintal. Com bola de cristal e dons premonitórios, o escriba tem fantasiado as suas informações com estilo, numa fajuta imitação de Raul Seixas das margens do Coxipó, de um cume calmo, cujo olho é o único que vê... que por aqui por Nobres se assentam as sombras sonoras de um disco-voador.

Como humorista fracassado, restou-lhe apenas a alcunha. Como arauto, das suas trombetas só ecoam hilariedades. Os seus gatos já não pulam mais, a sua visão de barcos afundando não passam de miragens desérticas e o poder transformador das suas ‘notículas’ estão cada vez mais nuas de realidade. E por vezes, nem a própria nudez em rede já não causa tanto susto assim.

É que, há décadas, após o advento da luz elétrica, a figura do lobisomem já se tornou demodê. Restará a última importância do pseudojornalista na própria lápide: “Aqui jaz um maluco beleza, cujas fantasias literatas agradavam a um grupo de seis leitores”.  

 

Pré-requisitos básicos

Quem será o futuro prefeito de Nobres? Qual é o perfil do futuro gestor? O que se espera de um candidato a candidato? E como estará o município para receber esse novo gestor? São questionamentos que surgem a partir do momento em que as paixões









“Vem, e buy generic propecia online segue-me...”

A transferência do governador Pedro Taques, do PDT para o PSDB, pode provocar uma revoada em direção ao ninho tucano, o mais novo abrigo daqueles que já se habituaram ao ritual de acompanhar procissão, ainda que a sua “fé” política não se

Crise literal

A situação atual em que vive o estado brasileiro já não é apenas econômica, mas avançou pelo campo político, social e moral de consequências desastrosas para o povo. A cada dia uma nova descoberta de casos de corrupção e nem mesmo o futebo







Alternativas à crise

Se as pessoas não compram carro, não adquirem roupas e passam a conter gastos até com comidas e passa a economizar para comprar apenas o buy levitra essencial, esse fenômeno se chama retração econômica. O Governo Federal comete o absurdo de fazer com que











Page 8 of 27

TRINCHEIRA LIV

Consertando Nota do TCE-MT: “O Tribunal de Contas de Mato Grosso determinou ao prefeito de Rosário Oeste, João Antônio da Silva Balbino, que realize concurso público para a vaga de controlador interno da Prefeitura Municipal no prazo de 240 dias. Deve ainda promover a imediata nomeação de ser

Crise onde não há crise

Um episódio buy clomid online que vem sendo alardeado na cidade através das redes sociais revela o imediatismo nas decisões, via de regra, intempestivas, que em nada contribuem para o processo democrático. São as atitudes revanchistas de quem quer fazer oposição às pressas e sem embasamento legal, apenas para
Banner
Banner
Banner
Banner