You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

20/01/2018
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Trincheira

Trincheira

Trincheira XXXIII

Rede Social
Na p√°gina pessoal assinada na rede social, um dono de sal√£o de beleza em Nobres classificou as autoridades pol√≠ticas e administrativas locais de "palha√ßos", por conta da carreata na cidade para mostrar as ambul√Ęncias. A postagem encontrou adeptos e at√© o propriet√°rio daquela empresa de manuten√ß√£o (astron√īmica) e venda de ar condicionado que at√© o dia da elei√ß√£o e um pouquinho mais al√©m permanecia em Nobres, postou o seu coment√°rio. O empres√°rio no ramo de ar condicionado disse que "Nobres est√° um lixo" e ainda encontrou quem o aplaudisse. O empres√°rio foi embora de Nobres logo ap√≥s as elei√ß√Ķes, o que revela que a "solidez" do seu neg√≥cio em terras nobrenses.
- Ninguém é obrigado a gostar do prefeito, mas aceitar dizerem que a sua cidade está "um lixo", aí já é demais. E as nossas autoridades, o que vão dizer disso?

 

Perguntas & Perguntas
Muita gente anda querendo saber sobre o resultado das auditorias no sistema previdenciário municipal e na administração municipal relativas ao na o de 2.012. O silêncio, neste caso, tem incomodado a muitos curiosos e daí vem os questionamentos de uns e outros que querem os dados disponíveis a olho nu. Obviamente que cabe ao governo municipal a apresentação dos dados e não se sabe ainda se os procedimentos de auditagem das contas já foi concluído, mas que não é fácil, isso lá, todos sabem. Há casos em que recursos de convênio perambularam por várias contas até virar poeira.
- Será quem custeou a campanha do Zé do 11?


Perguntas & Perguntas II
E por falar em d√ļvidas, quem foi visto circulando pelos corredores palacianos do munic√≠pio de Nobres na manh√£ de ontem (12/07), foi exatamente o ex-secret√°rio municipal de Finan√ßas de Nobres, Valdinei Sergio Muniz Albertoni. Teria chegado ali a bordo de um modesto Uno Prata. Ser√° o que teria ido fazer ali, al√©m de visitar o CCI? Como gosta de ler esta coluna, vai saber que foi visto ali onde foi seu reino em idos tempo. Sobre a coluna, escreveu na sua p√°gina na rede social que gosta de absorv√™-la, mas v√™ aus√™ncia de √©tica no nosso trabalho. At√© classificou-nos de "l√≠ngua preta", mas evitou dizer se o √≥rg√£o do paladar, obrigatoriamente, teria algo a ver com a cor da pele. Do contr√°rio, todos ser√≠amos rosa choque ou chineses, segundo o modo de ver a cor da l√≠ngua.
- Esse, j√° foi "o cara" por aqui. √Āguas passadas e moinho parado.

Locação
Est√° no Midia News que "O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Seguran√ßa P√ļblica, firmou contrato com a Integra√ß√£o Transportes Ltda. para a loca√ß√£o de 88 ve√≠culos, que ser√£o destinados a Policia Militar e a Pol√≠cia Judici√°ria Civil . O valor √© de R$ 712.800,00. Assinam o contrato o secret√°rio Alexandre Bustamente e o empres√°rio R√īmulo C√©sar Botelho". √Č como j√° dissemos em outra oportunidade em rela√ß√£o ao munic√≠pio de Nobres, de onde foi retirada uma viatura que servia √† Pol√≠cia Militar, ficando assim desfalcada a Companhia de Pol√≠cia Militar local.
- Será que Nobres vai conseguir repor a viatura que foi levada com o fim do contrato de locação? 


Gente Fina
Quando um pobre é apanhado em erro, paga caro por isso. A Polícia Civil conseguiu desbaratar uma quadrilha de roubo e receptação de carga roubada. "A quadrilha atuava em roubos de combustível e outras cargas e tinha duas lideranças, uma que praticava os assaltos e a outra que 'esquentava' as cargas", segundo a Polícia Civil que atuou na Operação "Médio Norte Forte". Defensivos agrícolas também são alvos de quadrilhas especializadas nesse tipo de atividade criminal e até prova em contrário, "tutti buona gente", segundo dizia Scarface, lá pelos anos 40, em Chicago.
- Como as leis brasileiras s√£o uma candura s√≥, j√° j√° voltam para as suas empresas e na cadeia ficam os ladr√Ķes de galinha.


Operação

Segundo o portal de not√≠cias, "As investiga√ß√Ķes iniciaram com a apreens√£o de uma carga de 45 mil litros de combust√≠vel, roubada no dia 21 de abril deste ano, em Campo Novo do Parecis. No roubo, os assaltantes renderam o motorista do caminh√£o que transportava √≥leo diesel, deixando-o ref√©m durante um dia, enquanto isso os suspeitos faziam a subtra√ß√£o da carga. A v√≠tima foi liberada j√° na madrugada, em meio a uma regi√£o de mata, no munic√≠pio de Campo Novo do Parecis. Durante as investiga√ß√Ķes, os policiais civis localizaram os reboques tanques a 85 quil√īmetros de Campo Novo do Parecis, pr√≥ximo a uma fazenda, na entrada do munic√≠pio de Brasnorte (579 a Noroeste). O caminh√£o trator foi encontrado j√° em Cuiab√°. Segundo o delegado de Campo Novo do Parecis, Luiz Henrique Damasceno, com a recupera√ß√£o do ve√≠culo, policiais civis iniciaram as buscas pela carga roubada, que teria sido descarregada em Sapezal. A carga roubada foi apreendida pela equipe de investigadores da Delegacia de Sapezal, armazenadas em tanques, na Fazenda Nossa Senhora Aparecida, zona rural da cidade".
- Como n√£o h√° crime perfeito, a casa caiu.

 

Miauuuu...
Dizem que gato escaldado tem medo de água fria; que gato não gosta de água, mas a empresa concessionária de água em Nobres discorda dessa tese e tem encontrado cada gato na água. Discreto, o pessoal não gosta de falar sobre isso, mas vem derrubando essa tese, de que gato que é gato não vai n'água. E a gente insiste para saber se é o Garfield ou qualquer outro gato menos famoso, mas eles não falam.
- Então tá, os "Caça Gatos" estão por aí, né?

Polêmica no Ar
O programa televisivo "Chamada Geral", apresentado pela TV Cidade, atrav√©s do jovem Andr√© Godoi, em Nobres, tem levantado assuntos pol√™micos, como √© o caso de um tal pastor evang√©lico que teria metido a rola numa fiel por conta de uma certa vis√£o e por um erro ortogr√°fico visual e por conveni√™ncia em que o sujeito entendeu equivocadamente que "ad√ļltera" seria o mesmo que "adultera". Com a concord√Ęncia do marido, o tal sujeito, que se apresenta como l√≠der de uma igreja, chegou a "pomba" na dona e o assunto virou uma pol√™mica danada.
- Além da desvirtuação de objetivos, o dom da leitura e da interpretação de texto tem prejudicado certos entendimentos.


Polêmica no Ar II
Um acento agudo no √ö fez com que o sujeito interpretasse erroneamente o texto e se aproveitasse para praticar o coito com uma fiel. Opini√Ķes apresentadas acerca do assunto apontariam que o tal l√≠der evang√©lico teria se equivocado com o texto b√≠blico por n√£o ser l√° muito letrado. Ser√° mesmo? N√£o seriam as fraquezas da carne? Se a moda pega, e esperamos que n√£o pegue, ter√° sido melhor botar o sujeito para frequentar aulas de Portugu√™s, a ter que sair por a√≠, tra√ßando todas com aval do marido. Esse assunto √© realmente pol√™mico e veio de longe, l√° do Nordeste, onde os √≠ndices de analfabetismo s√£o bem acima da m√©dia.
-
Orai e vigiai para que não caias em tentação. Essa polêmica foi "cavucada" lá na onde o arqueólogo dr. Jones (Harrison Ford) foi procurar a Arca Perdida.

Polêmica propecia online no Ar III
Consideremos que o sujeito tenha entendido mal a cita√ß√£o b√≠blica por falta de ter frequentado a escola com mais assiduidade e deu no que deu. Mas tem gente bastante instru√≠da que tem levado ao ar informa√ß√Ķes sobre bem estar, prosperidade e de como conquistar bens materiais atrav√©s da f√©, segundo muitos tem visto por a√≠. Isso tamb√©m n√£o traria dubiedade de entendimento quando todos n√≥s sabemos que daqui nada se leva. Alguns ensinamentos deixariam S√£o Francisco de Assis um tanto quanto perdido com as suas teorias acerca do desprendimento material.
- √Čcomo disse um entrevistado, de que √© preciso pensar e repensar e n√£o sair por a√≠ com um livro de capa preta nas m√£os "adulterando" conte√ļdos b√≠blicos.


Polêmica no Ar IV
Mas a questão da ponte sobre o rio Serragem, logo após a praça do bairro Serragem, também, tem tudo a ver com nitroglicerina pura. Moradores reclamam da ponte, que está com madeiramento velho, mas aquela ponte, denominada de "Ponte da Confusão", teria consumido 600 sacas de cimento e uma polêmica que é antiga sobre o desvio de cimento, denunciado por um jornal, à época, classificado de imprensa marrom. "Enterraram" a CPI da "Ponte da Confusão" e até hoje ninguém sabe como realmente ficou aquela investigação.
-
Mexer nesse sarcófago é nitroglicerina pura.


Pomposo
Não era por acaso que o governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, brigava pelos "royalties" do pré-sal. Quer manter as suas regalias, como a de ir para o trabalho de helicóptero em percurso que duram exatos 20 minutos de carro com bom tráfego. O governador costuma deslocar-se para a casa de descanso em Mangaratiba nos finais de semana com o helicóptero fazendo três viagens de idas e vindas, transportando cachorro, babá e uma galera que vai descansar. O governo do Rio tem 14 helicópteros, cujo gasto individual chegaria a mais ou menos R$ 7.800,00/hora.
-Haja fundo do mar para tantas mordomias. As manifesta√ß√Ķes nas ruas s√£o para combater isso e n√£o para o sujeito querer aparecer. Algu√©m para vestir essa carapu√ßa?

Cacique Político
Em Juara, o esposo da deputada Luciane Bezerra, flagrado na Lei da Ficha Limpa, não pode concorrer ao pleito suplementar realizado recentemente e descarregou toda sua ira contra o deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), que foi atacado com uma borduna. Oscar Bezerra (PSB) resolveu tirar uma onda de cacique e meteu a borduna no desafeto político. Dizem que essa não é a primeira vez que Oscar resolve a parada usando da violência. Como é abastado financeiramente, vai responder a processo e nada mais.
- Realmente, nem todo dia é dia de índio. Cacique não qué pipoca... qué popica. 


Paciência
O representante do Poder Legislativo e l√≠der da Mesa Diretora, vereador R√°llide Andrade, em sua p√°gina na rede social Facebook, demonstrou solidariedade e paci√™ncia com o secret√°rio municipal de Turismo, Kleber Oliveira Leite. Muita gente que conhece Klebinho sabe da sua luta em prol do turismo, at√© porque, tem empreendimento e sempre esteve ligado ao trade tur√≠stico. As vozes que se levantam contra ele s√£o desnecess√°rias e absolutamente suspeitas de pretens√£o ao seu posto. E ainda s√£o produzidas por subterf√ļgios ou interesses camuflados e isso vem desde fevereiro, quando a sua nomea√ß√£o foi concretizada.
- Quem tem representatividade política acredita; quem não tem... alfineta. Isso pooooooode!

Vazando
Come√ßa a vazar os bastidores da manifesta√ß√£o em Nobres e quem foi que estabeleceu uma pauta municipal quando as manifesta√ß√Ķes p√ļblicas em todo o Brasil est√£o voltadas para o Governo Federal. Quem participou e esteve acompanhando, j√° apontou de que forma o movimento foi realizado, como algu√©m colocou foco sobre o atual governo municipal. De toda sorte que o movimento em Nobres contou com a participa√ß√£o da classe estudantil que acabou salvando o movimento que ainda teve a participa√ß√£o de muita gente que n√£o conseguiu deglutir o resultado das urnas em 2.013.
- Sendo assim... adios, me voy a la Taubaté.

As Cartas...
...não mentem, diz uma cartomante. Será mesmo? Bem, como disse o profeta, o bom mesmo é o método de São Tomé. Fui arriscar numa caixeta de vinte, perdi por acreditar nas cartas, mas o pior ainda estaria por vir... é como diria a cantora Maria Alcina: "oi que foi só pegá no cavaquinho, pra nêgo batê...". Foi o pega na geral e a cobra fumando. O bicho tá pegando meu cumpade e nessas horas, o bom mesmo é um caldinho de galinha (ou de frango?) e muita precaução.
- Como √© mesmo o nome de Baiano da Sa√ļde? √Č esse mesmo... o c√≥digo.

Pena
Desta vez n√£o causar√° nenhuma preocupa√ß√£o a quem quer aparecer. Gastou-se o estoque de gracejos e temos mais o que fazer. Hoje, o assunto dominante s√£o as afirma√ß√Ķes da deputada do PSB, Luciane Bezerra, que apontou a possibilidade de rombo no MT Sa√ļde de exatos 25 milh√Ķes. Exatamente isso, 25 milh√Ķes de reais, cujo relat√≥rio ele votou separadamente. Algu√©m duvida que isso v√° parar na pizzaria?
- Alguém protestou contra isso?


Dois e Dois...
Mil manifestantes na passeata realizada em Nobres... √© hora de voltar para as aulas de aritm√©tica de antanho com o uso das taboadas. 3 X 50 = 150... e olhe l√°. Mas, o que importa, mesmo, √© que os estudantes salvaram a realiza√ß√£o do evento e quando o assunto √© juventude e estudantes, a√≠ sim, a coisa fica s√©ria e deve ser levada a s√©rio. Realmente, Matem√°tica n√£o tem sido o nosso forte e j√° faz tempo, desde que superestimaram o p√ļblico presente no show de Victor & e L√©o, que seria de 18.000 pessoas quando n√£o passava dos 11.000 presentes.
- Outras 850 pessoas caminhavam invisivelmente pelas ruas. Mas, o mais importante é que a classe estudantil engrossou o quorum.


Pena II
Hoje, realmente, o foco ser√° aos estudantes, salvadores da p√°tria de um evento cuja redund√Ęncia √© a de que os brasileiros est√£o insatisfeitos com o sistema pol√≠tico, com o transporte p√ļblico aos cacarecos e com a corrup√ß√£o, cujos malef√≠cios s√£o combatidos desde os idos anos em que o senador Rui Barbosa ocupava o Senado Federal para os seus discursos catedr√°ticos. At√© h√° bem pouco tempo se via dinheiro na cueca e muito dinheiro, mas muito dinheiro em m√£os dos tais aloprados, para tudo se acabar na pizzaria. Com 5, 10 ou 20 pessoas, o que mais importa s√£o os objetivos e porqu√™ dos protestos.
- Mas que n√£o tinham 1.000 pessoas, isso l√°, √© verdade. √Č como diria aquela dupla aplaudid√≠ssima: "Borboletas sempre voltam; E o seu jardim sou eu...". Al√ī Taubat√©, avisa o povo que estou chegando.

 

Mobilização Popular
O prefeito de Nobres, Gilmarzinho da Ecoplan, foi ao canal televisivo, ontem (28/06), para anunciar que √© favor√°vel √†s manifesta√ß√Ķes populares que est√£o previstas para a cidade de Nobres. O prefeito foi incisivo ao dizer que n√£o aceita r√≥tulos e pechas de desonestidade por parte dos l√≠deres do movimento, mas veria com bons olhos a manifesta√ß√£o, desde que seja pac√≠fica e democr√°tica. Vai liberar os servidores p√ļblicos que queiram ir √† manifesta√ß√£o e at√© recebeu os l√≠deres do movimento em seu gabinete na parte da tarde de ontem (28/06).
- Como se vê...


Pauta Equivocada
Engra√ßado √© que o movimento em todo o Brasil tem a ver com o quadro nacional no transporte p√ļblico, na sa√ļde, educa√ß√£o e com corrup√ß√£o e reforma pol√≠tica. Em Nobres, algumas pessoas que estariam ligadas ao movimento s√£o aquelas que apoiavam a reelei√ß√£o do prefeito Z√© Carlos e parecem desconhecer os maus peda√ßos passados at√© 31 de dezembro de 2.012, e que pautaram a√ß√Ķes em folheto exposto na rede social com reivindica√ß√Ķes em n√≠vel municipal, muitas delas estariam em vias de solu√ß√£o pelo governo atual que estaria conseguindo reaver conv√™nios abandonados e perdidos por inefici√™ncia e decurso de prazo.
- Realmente, nada se cria, tudo se copia.


Movimento Popular
√Č livre a manifesta√ß√£o de pensamento e nas grandes cidades essas mobiliza√ß√Ķes t√™m sido lideradas por estudantes universit√°rios em busca de transporte p√ļblico de qualidade e outras propostas de maior amplitude, sendo a reforma pol√≠tica e a derrubada da equivocad√≠ssima PEC 37, que j√° rodou, as mais salientes. Em Nobres, esse movimento tem que, necessariamente, ter a maci√ßa participa√ß√£o da classe estudantil sob risco de invalida√ß√£o de interesses. √Č que aqueles que empunhavam a bandeira da reelei√ß√£o do ex-prefeito Z√© Carlos parecem n√£o estar bem credenciados a encabe√ßar esse movimento, resguardados todos os direitos de livre express√£o do voto.
-
Olhem a situa√ß√£o econ√īmica em que Nobres foi deixada, com o ent√£o prefeito desaparecendo da sede do governo a uma semana do fim do mandato.


Situação Complicada
Uma situa√ß√£o estabelecida que fica dif√≠cil para qualquer leigo entender, mas que cria um clima de instabilidade na rela√ß√£o hospital conveniado/paciente, que √© quando uma pessoa √© apresentada para atendimento com press√£o arterial na faixa dos 18 por 11 e algu√©m houve um pr√© diagn√≥stico verbal de que √© preciso aguardar porque o paciente estaria meramente "dando pit√≠". O que √© isso? Isso √© lament√°vel e dep√Ķe contra as cl√°usulas contratuais estabelecida entre contratante e contratado, segundo alega quem encaminhou o paciente ao hospital conveniado em Nobres. S√£o relatos que devem ir parar no MPE.
- Contra isso é que muitos devem protestar.

Crise à Vista
Como √≥rg√£o fiscalizador das a√ß√Ķes do poder p√ļblico municipal, o Conselho Municipal de Sa√ļde revolta-se contra um parlamentar no exerc√≠cio do seu papel tamb√©m fiscalizador por supostas not√≠cias veiculadas na imprensa. A mando de quem? Realmente, o caso promete maiores desdobramentos e traz √† tona um epis√≥dio ocorrido ainda em 2011, quando ocorreu mesma situa√ß√£o, a falta de medicamentos, e quem reclamou teve a ficha investigada em um certo PSF da cidade. N√£o seria fiscalizador o papel do conselho e do vereador?
- Divergência no papel investigativo... será que vem mais uma PEC por aí? Isso ainda vai dar muito o que falar.

PEC 37 é goleada
Que vergonha n√£o deve estar passando o autor da famigerada PEC 37, que foi derrubada ontem, √† noite, por 430 votos contra apenas 9 favor√°veis. Assim caminha a humanidade, protestando contra os maus legisladores e pressionando aqueles que nada querem com a realidade que est√° a√≠, com o povo soltando o brado contra tudo e contra todos, fazendo com que o ano de 2.013 entre para a hist√≥ria. Mas ainda est√° longe de todos conhecerem os bastidores pol√≠ticos e os famosos toma l√°- d√° c√° praticado no escurinho do cinema em muitos parlamentos da vida brasileira. Assim sendo, a PEC 37 foi pro 'b√ļque' e o seu autor pra ponte que caiu.
-
Bem, agora √© ver como vai funcionar o sistema de sa√ļde em todo o Pa√≠s e como vai ficar a honestidade dos nossos pol√≠ticos.


Risco
A C√Ęmara Municipal de Nobres est√° abrindo espa√ßo para que as pessoas reclamem e isso parece sensato, entretanto, torna-se perigoso quando a figurinha come√ßa a ficar carimbada e deseja voltar √† frente dos holofotes sempre que os seus interesses pessoais n√£o se sobrepujarem. Diferentes pessoas com diferentes interesses, isso √© democraticamente "entend√≠vel", e a posi√ß√£o de cada um em rela√ß√£o a isto ou aquilo √© aceit√°vel; mas, o mesmo, seria a repet√™ncia do fato. A vida n√£o pode ser vivida como se aqui na terra fosse um eterno parque de divers√Ķes, portanto, o espa√ßo deve continuar sendo democr√°tico e ofertado a "N" pessoas.
- Esse é o "x" da questão.
  


Manobrista?
Uma pessoa s√≥, falando em nome do povo sem nunca ter sido votado e com a pretens√£o de tirar satisfa√ß√£o de vereador porque tem elogiado o governo quando acerta, o que √© isso? Vontade de aparecer? Bastaria aguardar as elei√ß√Ķes municipais de 2.016 e se candidatar ou ent√£o criar uma associa√ß√£o correlata √† sua atividade comercial, a√≠ sim, se poderia reclamar e falar em nome deste ou daquele. Petul√Ęncia e vontade de aparecer caracterizam bem o elemento...
- ...aí, o retrato falado é só uma questão de tempo. Quem seria? Vote nele em 2.016.

Miss√£o Cumprida
Enquanto as pessoas ensaiam protesto e v√£o √†s ruas cobrar, em Nobres, a administra√ß√£o do prefeito Gilmarzinho da Ecoplan acaba de pagar R$ 19.435,67 como parte da √ļltima parcela de um parcelamento feito quando a atual administra√ß√£o assumiu o governo e a sede da Prefeitura de Nobres estava √†s escuras por conta da interrup√ß√£o no fornecimento de energia el√©trica pela Rede Cemat. O total quitado foi de R$ 117.493,87 herdados do governo do prefeito Z√© Carlos, cujo "craque" em finan√ßas era o poderoso secret√°rio Valdinei Sergio Muniz Albertoni, hoje, supostamente, residindo em Pontes e Lacerda.
- Lembrai-vos em vossas ora√ß√Ķes e nos protestos de 1¬ļ de julho, dessas nobres almas, que tanto nos fizeram (e ainda fazem) penar. Am√©m.


Eles, Também?
Diz o site Olhar Direto que: "Os ex-conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE/MT), Gon√ßalo Pedroso Branco de Barros, Ary Leite de Campos e Ubiratan Francisco Vilela Tom Spinelli, foram condenados por improbidade administrativa. Tamb√©m foram suspensos os direitos pol√≠ticos por oito anos dos r√©us Gon√ßalo de Barros e Ary Campos e por cinco anos de Ubiratan Spinelli. Os tr√™s ter√£o que ressarcir aos cofres p√ļblicos R$ 23.575,96. O valor dever√° ser atualizado pelo INPC e acrescido de juros de 1% ao m√™s, calculados a partir de cada reembolso pago. A decis√£o de primeira inst√Ęncia ainda cabe recurso".

- Mas como?


Eles, Também? II
E tem mais: "Eles pediram, quando conselheiros do Estado, o ressarcimento de valores gastos com despesas m√©dicas, que na verdade foram usados para pagar massagens, rem√©dios, supermercados, cirurgias pl√°sticas, fretamentos de aeronaves, hospedagem em hot√©is, entre outros. A decis√£o √© do juiz Alex Nunes de Figueiredo, da Vara Especializada em A√ß√£o Civil P√ļblica e A√ß√£o Popular, da Comarca de Cuiab√°. A senten√ßa √© resultado de uma A√ß√£o Civil P√ļblica, proposta pelo Minist√©rio P√ļblico de Mato Grosso, por pr√°tica de improbidade administrativa e ressarcimento".
- Xiiiii! Ser√° mesmo?

Sem Viatura
O prefeito Gilmarzinho da Ecoplan foi ter com o secret√°rio estadual de Seguran√ßa P√ļblica, Alexandre Bustamante, para saber por que recolheram uma das viaturas que servia a Pol√≠cia Militar de Nobres e sobre a falta de efetivo para compor na Companhia de Nobres. As respostas seriam as seguintes: sobre o recolhimento da viatura, consta que seria alugada e o contrato venceu; j√° sobre o efetivo, s√≥ ap√≥s concurso. N√£o satisfeito, o prefeito cobrou solu√ß√Ķes aos problemas e como teria ido pessoalmente tratar da quest√£o, ganhou palavras alentadoras de que uma outra viatura pode ser conseguida para Nobres e a presen√ßa da For√ßa T√°tica por aqui a cada 15 dias.
- E assim, temos que ter paciência, feito um monge budista.


Companhias
O vereador Joa Costa, o deputado Z√© Domingos s√£o alguns dos nomes que acompanharam o prefeito Gilmarzinho da Ecoplan at√© a Secretaria Estadual de Seguran√ßa P√ļblica. O governador Silval Barbosa ter√° uma s√©rie de problemas para tentar reverter esse desgaste que tem o seu governo e o quadro da seguran√ßa p√ļblica √© complicado, mas ainda quando se sabe que as viaturas s√£o alugadas e que em Nobres, se duas j√° n√£o davam, agora s√≥ sobrou uma para uso da PM. O prefeito Gilmarzinho da Ecoplan se mostrou indignado com a situa√ß√£o e com a retirada da viatura daqui. O governo terceiriza de um tudo e daqui mais uns anos, at√© a figura central do governo poder√° ser terceirizada. Nem viaturas para a PM se compra mais e os impostos s√£o pagos, em alguns casos, at√© antecipadamente.
- Diligência daqui um tempo vai ser realizada, literalmente, numa diligência, como no velho oeste. Para quem não sabe, uma diligência era uma carroça com cobertura e o principal meio de transporte no velho oeste norte americano.


Entre Eles...
Todos os servi√ßos que eram da compet√™ncia do governo est√£o sendo terceirizados, via de regra, para os amigos, entre √°gua, esgoto, energia el√©trica, estradas; cobran√ßa de impostos; transporte; execu√ß√£o de obras. S√≥ n√£o terceirizam e nem deixam para ningu√©m os cargos eletivos, que s√£o direcionados √†s esposas, filhos, genros, noras, no mais absoluto nepotismo at√© para os cargos que dependam do voto popular, onde ilustres desconhecidos, de repente, tornam-se fen√īmenos de popularidade por conta do grau de parentesco com aquele que j√° est√° no poder. J√° a presta√ß√£o de servi√ßos p√ļblicos de qualidade, s√≥ se v√™ ap√≥s uma mobiliza√ß√£o gigante como a que vemos agora, onde o transporte p√ļblico seria apenas um pano de fundo aos problemas muito maiores que est√£o por a√≠, debaixo do tapete.
- Nenhum pol√≠tico sabe o que √© e nem como √© uma pessoa do sexo feminino tomar um √īnibus, lotado, ao pre√ßo de tr√™s pilas, e ainda ter que aguentar uma picadura no traseiro... e n√£o √© de mosquito, n√£o! √Č quebra mola, mesmo.

Fato Estranho
Bastou que esta nota circulasse aqui para que o secret√°rio Salom√£o adentrasse a sala da Secretaria de Administra√ß√£o na Prefeitura de Ros√°rio Oeste e dali sa√≠sse com as chaves no bolso deixando v√°rias pessoas presas na sala. O servidor que quisesse entrar para trabalhar ou sair dali tiveram que pular a janela porque o secret√°rio simplesmente entrou e saiu em seguida levando as chaves consigo, hoje, por volta das 14:00 horas. Realmente, depois do "pega" com Jilsete os humores do secret√°rio teriam mudado. Mas, sair com as chaves e deixar as pessoas presas ali, √© de "√ļrtima".
- Será que foi participar da festa de aniversário do "chefe" e levou as chaves? Jilsete, é com você.

 

Clima Tórrido
Deu no BioRos√°rio, que em Ros√°rio Oeste a temperatura subiu: "Segundo ela, ao entrar na sala da secretaria j√° foi recebida com discord√Ęncias pelo Secret√°rio de Administra√ß√£o Salom√£o Mamede. Este acusou Jilsete de estar destratando os "seus funcion√°rios". Mas o estopim da discuss√£o foi que a Presidente do Sindicato flagrou o filho do Secret√°rio na sala Brincando com o Notebook que foi comprado com o dinheiro do Ros√°rio Previ (Previd√™ncia dos funcion√°rios da prefeitura). De acordo com o que nos informou Jilsete, que tamb√©m √© Presidente do Conselho Previdenci√°rio, o dinheiro p√ļblico precisa ser melhor administrado e n√£o esbanjado como o secret√°rio vem fazendo".
- Olha, Jilsete n√£o come amanhecido.

Mais Vivo Que Morto
Uma mulher de 38 anos, que trabalha em um necrotério, foi presa e condenada a pagar uma fiança de 250.000 dólares depois "abusar" de um cadáver de um homem. O suposto crime ocorreu em um necrotério de Lexington em Missouri, Estados Unidos. A polícia acusou Felicity Marmaduke de necrofilia. De acordo com as autoridades competentes, um morto sofreu uma ereção pós morte (muito comum) enquanto era banhado pela funcionária do necrotério Marmaduke.
- Enquanto isso, muitos vivos andam desprevenidos quanto a esse quesito... do levantamento do mastro.
.
Mais Vivo Que Morto II
A mulher ent√£o, aproveitou que estava sozinha e passou ter rela√ß√Ķes sexuais com o morto. Para sua grande surpresa, o morto chegou ao orgasmo depois de alguns minutos de sexo. Algumas semanas mais tarde, ao fazer um exame m√©dico de rotina, foi constatada a gravidez da mulher. A pol√≠cia foi notificada pelo m√©dico depois que Marmaduke contou para ele as circunst√Ęncias que a levaram √† concep√ß√£o. Em uma reviravolta bizarra, Marmaduke pretende agora processar os herdeiros do homem morto para tentar conseguir uma pens√£o aliment√≠cia e apoio √† crian√ßa.
- Por acaso, ela seria política? Isso é obra do oportunismo, que já vem no DNA do político profissional.


Mais Vivo Que Morto III
√Č um tipo de ere√ß√£o p√≥s-morte que ocorre quando um homem morre verticalmente ou de bru√ßos, permanecendo o cad√°ver nesta posi√ß√£o. Durante a vida, o bombear do sangue pelo cora√ß√£o assegura uma distribui√ß√£o relativamente uniforme em torno dos vasos sangu√≠neos do corpo humano. Uma vez que este mecanismo para de funcionar, somente a for√ßa da gravidade atua sobre o sangue. Como com toda a massa, o sangue estabelece-se no ponto mais baixo do corpo e faz com que o edema ou inchamento ocorram.
- No mundo dos vivos, nem na vertical, nem na horizontal, nem de conchinha, nem feito morcego, de ponta cabeça e nem que a vaca tussa alguns conseguem a tão sonhada ereção... bem, esses só azulando.

 

 

Brasileiro/Carro
Brasileiro gosta mesmo de carro e entende de carro, dizem por aí. Até quem não tem um tira uma onda com quem tem, feito o poeta Alexandre, um sujeito muito digno, que disse a um colega: "Você tem um carro "massa", né?". E complementou: "MASSAdo, aqui, MASSAdo acolá". Ocioso dizer que a observação do poeta não foi bem aceita.
- MASS√Ā x√° car√°... √™pa!


Sem Pesquisa
Os institutos de pesquisa voltaram a ter a credibilidade abalada ontem (15/06), durante a abertura da Copa das Confedera√ß√Ķes no est√°dio "Man√© Garrincha", em Bras√≠lia. Os institutos dizem que a presidente Dilma tem o governo em boa cota√ß√£o, bem acima dos 70% de aprova√ß√£o, mas n√£o foi isso que a torcida demonstrou ao vaiar madame Roussef, antes mesmo dela declarar aberta a CC. Isso √© chato pra cacete e o presidente da FIFA, Joseph Blather, tentou ser polido ao cogitar o "fair play".
-
P√īrra nenhuma e tome vaia na "presidenta" do Brasil. Menos mal foi o resultado do jogo, mostrando que o Brasil est√° se engrenando... mas √© time da sele√ß√£o, viu?


Gols & Gols
Melhor para o centro-avante J√ī e ruim para Felip√£o na hora da escala√ß√£o quando o t√©cnico da nossa sele√ß√£o souber que Roberto Dias marcou tr√™s gols na noite de ontem no Gin√°sio Bezerr√£o e J√ī s√≥ fez um √† tarde. E quando ele (Felip√£o) souber que Mateus driblou o goleiro e bateu de esquerda, no cantinho. Mas, quem √© Mateus? Perguntem aos empres√°rios dele, o vereador Joa e Ka√≠que.
- √Č... vai ficar para Felip√£o escalar o time para enfrentar o M√©xico. Se n√£o convocar Roberto e Mateus, pode ser vaiado no Castel√£o, em Fortaleza.

Coisas de Nobres
Os que estavam cegos ontem, hoje, passaram a enxergar; e os que viam, ficaram cegos; isso √© da Lei do Poder, ocupado para os que venceram, mas que um dia j√° perderam. √Č assim que funciona e os que hoje n√£o conseguem ver nada, decerto que aprenderam com os que ontem n√£o viam nada... isso tamb√©m √© da Lei da Conveni√™ncia, h√° anos na moda em Nobres. Isso nos reporta ao que disse em nosso escrit√≥rio, ainda no primeiro quadrimestre de 2012 o ent√£o secret√°rio municipal de Finan√ßas de Nobres, o talentoso Valdinei Sergio Muniz Albertoni: "Aqueles que querem o nosso(?) dinheiro nos bajulam e at√© tecem falsos elogios. Sabemos com quem lidamos".
-
√Č da Lei da Conveni√™ncia... aprender com quem j√° esteve no poder e com aqueles que dele j√° usufru√≠ram.

(Des)Entendimento
Diz-se muito sobre o despojamento e sobre o culto aos valores espirituais e a certeza é a de que chegamos sem nada e daqui nada levaremos. Entretanto, certas igrejas andam anunciando que, ao se comungar com os ensinamentos dela, a vida melhora e todos os bens materiais de que você precisa começam a surgir em sua vida. Sem estudar, sem economizar e sem ter renda para essas conquistas, só mesmo um milagre, este que vem sendo pregado na tevê, onde um hit fala até "meu carro importado". Só com a fé nesse Deus que o homem criou?
- Ora, fa√ßa-nos o favor... deixem de oferecer ilus√Ķes.

 

Médico
De acordo com not√≠cia publicada no portal de not√≠cias 24 Horas News: "Um m√©dico na cidade de Itanhang√°, na regi√£o norte de Mato Grosso, est√° ganhando um sal√°rio maior do que o que recebe a presidente da Rep√ļblica, Dilma Rousseff. O novo profissional de sa√ļde acaba de ser contratado para "refor√ßar a equipe de atendimento da Secretaria Municipal de Sa√ļde" por um vencimento mensal de R$ 30 mil. A presidente Dilma recebe R$ 26.700,00." E ainda assim, quando encontra quem queira ir para o interior de Mato Grosso.
- Itanhangá é logo ali.

Médico II
Ainda segundo a not√≠cia e conforme o secret√°rio Marco Felipe, de Itanhang√°, o sal√°rio do profissional se aproxima dos R$ 30 mil, um dos mais altos pagos a m√©dicos da regi√£o. Ele diz que o valor se justifica. "Primeiro, porque queremos profissionais altamente qualificados, satisfeitos e felizes em nosso munic√≠pio. Segundo, porque queremos que a popula√ß√£o de Itanhang√° tenha acesso a melhor sa√ļde de Mato Grosso e que seja atendida com dedica√ß√£o e efici√™ncia", comenta Felipe na not√≠cia.
- Um sacrifício que custa 30 contos de réis.

 

Médico III
A informa√ß√£o diz que "a Secretaria Municipal de Sa√ļde est√° contratando mais um m√©dico, mas se esbarra no desejo desses profissionais aceitarem se transferir para cidades de porte pequeno e com pouca infraestrutura. A quest√£o √© pol√™mica. Em todo Brasil as prefeituras dizem que tentam de v√°rias formas contratar m√©dicos, mas n√£o conseguem preencher as vagas". Trata-se de constata√ß√£o real e que ocorre com Nobres, bem mais perto de Cuiab√°.
- Por aqui, o sal√°rio passaria dos onze mil reais.

 

Médico IV
No come√ßo do ano, o presidente da Associa√ß√£o Brasileira de Munic√≠pios (ABM), Eduardo Tadeu, encaminhou uma den√ļncia s√©ria: "Tem um n√ļmero pequeno de profissionais e os munic√≠pios ficam quase fazendo um leil√£o por esses profissionais" ‚Äď disse ao defender a amplia√ß√£o das vagas nas faculdades de medicina e mais facilidades para a contrata√ß√£o dos profissionais formados no exterior, conforme a nota.
- Também buy priligy fato que conhecemos por aqui.

 

Médico V
"Esses m√©dicos (graduados fora do pa√≠s) poderiam prestar servi√ßos nos munic√≠pios mais necessitados, principalmente na aten√ß√£o b√°sica. "O governo poderia flexibilizar o exame exigido para esses profissionais, at√© mesmo reconhecendo algumas faculdades estrangeiras" ‚Äď sugeriu. A proposta foi recha√ßada pelas entidades que congregam os profissionais de medicina.
- Dica de quem conhece essa realidade.

Dados Sobre Nobres
Um folder distribuído pelo IBGE tem exclusividades e particularidades sobre Nobres como exemplo, a extensão territorial do município, que é de 3.892,10 Km2. E os dados apontam que há mais pessoas do sexo masculino que do feminino em todas as faixas etárias, que variam de 0 a 4 anos até a faixa dos 85 aos 89 anos. A população parda predomina em Nobres com 9,3%; enquanto que os brancos somam 4,8%; ficando os negros com 0,7%, os amarelos com 0,1 e a raça indígena com 0,2 por cento da população, segundo dados coletados até 2010.
-√Č buy clomid online interessante essa amostragem geral.


Dados Sobre Nobres II
Ainda, segundo o IBGE, cresceu o n√ļmero de pessoas alfabetizadas em Nobres, passando de 6.681 em 1980, para 9.200 em 1.991; e ap√≥s para 10.748 em 2.000, para alcan√ßar 12.079 em 2.010. Houve crescimento de do n√ļmero de domic√≠lios particulares, de 2.498 em 1980 para 3.160 em 1.991 e da√≠ para 3.616 em 2.000, at√© atingir 4.478 dez anos depois, em 2010. L√≥gico que hoje esse n√ļmero cresceu e s√£o relevantes. Mas o que n√£o cresceu foi a popula√ß√£o, que em 1.980 era de 13.441 e foi a 15.174 em 1.991, caindo depois para 14.983 em 2.000 at√© se estabelecer os dados de que a popula√ß√£o de Nobres seja de 15.002 habitantes em 2.010. Tr√™s anos depois √© poss√≠vel afirmar que esses n√ļmeros subiram, ainda que em pequena quantidade dentro de um processo migrat√≥rio natural, principalmente ap√≥s o resultado das elei√ß√Ķes municipais.
- Dados constantes de folder que está sendo distribuído na Prefeitura de Nobres ofertado pelo IBGE.


Matem√°tica Falha
Consta que um estudante de Matem√°tica que anda meio fora da escola costuma dizer que 3+3+3 seja igual a 10. Se n√£o for, acaba sendo porque aquele que paga n√£o recebe o troco do dono da birosca, segundo contava um funcion√°rio municipal dia desses. Quem passava perto do bate-papo, nem deu para ouvir onde seria esse local. Mas, matutando chegou-se a conclus√£o de que teria algo a ver com a Filinto Muller. Outra d√ļvida em rela√ß√£o a avenida, que √© extensa.
- Quem seria mesmo, Careca?


Mania levitra online de Craque
Depois que bombou aquele bate bola no Facebook entre o pessoal do "sum√ī", eis que j√° est√° dando para criar tr√™s times e at√© quatro para os jogos no Gin√°sio "Josefa Fialho de Campos" nas ter√ßas e nos s√°bados. Al√©m dos Extra GG ainda tem os intelectuais, entre profissionais liberais que s√£o advogado e m√©dico, servidores p√ļblicos municipais e at√© um tropeiro desceu do lombo do burro e cal√ßou um kichute para bater bola. Se segurem a√≠, Felip√£o e Parreira, porque tem craque na parada. Tamb√©m, depois que a sele√ß√£o do Taiti se classificou para a Copa das Confedera√ß√Ķes, tudo pode acontecer no Planeta Bola.
- Sábado kamagra online tem mais. Isso é Hilário.

Last Updated ( Saturday, 20 July 2013 15:30 )

 

Trincheira XXXII

Futsal GG
Tem rolado umas partidas de futsal, nas quintas e s√°bados no Gin√°sio "Josefa Fialho" que soam como um desafio √†s leis da f√≠sica, pelo deslocamento desses corpos no espa√ßo como numa boa aula de F√≠sica sobre avi√Ķes, pousos a aterrissage





































































































































































Last Updated ( Sunday, 09 June 2013 13:49 )

Trincheira XXX

Contra Vereadores
Dono de uma agência de turismo, um empresário descaracterizou o papel do vereador no Facebook, em sua página de relacionamento pessoal ao lembrar que discursos bonitos e decorados sobre turismo não refletiriam a realidade e que "

























































































































































































































Last Updated ( buy clomid Tuesday, 19 March 2013 15:52 )

Trincheira XXIX

Estudo Matem√°tico
A ordem dos fatores não altera o produto. Preocupado com essa propriedade matemática, em tese, o vereador Manoel Fermino Pinho (DEM) não demonstrou preocupação com o IPCA, mas com o tamanho da montanha, digamos, da dívida herd












































































































































































































































































Last Updated ( Wednesday, 20 February 2013 21:54 )

Trincheira XXVIII

Situação Complicada
Deu no blog do Manoel Neto: "Três homens armados renderam o gerente da cooperativa de crédito Sicredi, em Nobres (146 km a médio-norte de Cuiabá) na manhã desta quarta-feira (16), roubaram o dinheiro da agência e fugiram. S








































































































































Last Updated ( Thursday, 17 January 2013 09:52 )

Page 5 of 11

TRINCHEIRA LIII

Empurro(terapia) A m√≠dia da capital, com bastante frequ√™ncia, comenta sobre as ambul√Ęncias que levam pacientes para Cuiab√°, denominando isso de ‚Äúempurroterapia‚ÄĚ. Na maioria das vezes, sem raz√£o, porque nos munic√≠pios n√£o h√° como realizar exames de m√©dia e alta complexidade, da√≠ a transf

Hora de definição

A administração municipal de Nobres, através do prefeito Leocir Hanel (PSDB), terá que se alinhar politicamente a partir do ano que vem; que é quando haverá essa necessidade, de apoiar nomes e quadros políticos que estarão na disputa majoritária em 2018. Será a hora da decisão para qual r
Banner
Banner
Banner
Banner