You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

17/12/2017
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home News Polícia procura por criminoso de alta periculosidade e histórico de crimes violentos

Polícia procura por criminoso de alta periculosidade e histórico de crimes violentos

E-mail Print PDF

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil, irá presidir as investigações da tentativa de homicídio ao investigador

Sidney Ribeiro dos Santos, lotado na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), ocorrida durante as buscas para resgatar a empresária, Milene Falcão Eubank, vítima de sequestro na sexta-feira (17.11).

O investigador continua hospitalizado no Pronto Socorro de Cuiabá. Seu estado de saúde é considerado estável. O delegado geral da Polícia Civil, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, determinou que todas as unidades da Diretoria Metropolitana e Atividades Especiais (DAE) prestem o apoio necessário à prisão do criminoso que atirou no investigador.

"Já determinamos que as unidades usem o aparato necessário para localizar o último integrante desse bando. Estou acompanhado pessoalmente o quatro de saúde do policial junto com o diretor metropolitano. A Polícia Civil vai prestar toda a ajuda necessária a família do investigador", afirmou.

As buy propecia buscas ao criminoso que alvejou o policial na região no rosto são realizadas por policiais das unidades da Diretoria Metropolitana, Diretoria de Atividades Especiais (DAE) e apoio da Polícia Militar.

O buy kamagra online delegado do GCCO, Diogo Santana de Souza, assegurou que as buscas ao nono envolvido e principal suspeito de atirar no investigador não cessarão até a sua prisão.

O principal suspeito de atirar no investigador é o criminoso, Kelves Gonçalves da Silva, conhecido por Kelvinho, que já esteve preso na Penitenciária Central do Estado (PCE) e é membro de uma facção criminosa. Ele também responde por homicídio investigado na Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), no caso do taxista, Douglas da Silva Dantas, encontrado próximo ao aterro sanitário de Cuiabá, ao lado do veículo, em agosto deste ano. A vítima foi amarrada e degolada.

Conforme a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos, o flagrante da prisão de sete maiores e apreensão de um menor, envolvidos no sequestro, lavrado no sábado (18), será encaminhado ao GCCO para concluir as diligências e encaminhar no prazo de 10 dias ao Judiciário.

"Fizemos o trabalho em conjunto na Derrfva. Apurou-se que tanto o crime contra a vida do policial e também que o crime não foi de roubo de veículo e sim uma extorsão mediante sequestro, que são crimes de atribuição do GCCO. Fizemos o flagrante e no próprio despacho já determinamos o encaminhamento ao GCCO, tanto o feito de manhã quanto o último preso no final do dia", disse o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.

Oitavo preso

O buy clomid oitavo suspeito envolvido no sequestro da empresária Milene Falcão Eubank, na sexta-feira (17.11), no bairro Quilombo, em Cuiabá, foi preso no começo da noite deste sábado (18), pela Polícia Judiciária Civil, na posse de uma pistola usada na troca de tiros que atingiu o investigador Sidney Ribeiro dos Santos, lotado na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva),

O suspeito Walisson Lucas de Souza, 20 anos, foi preso no bairro Ouro Fino, por policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Delegacia Fazendária e outras unidades da Diretoria Metropolitana, que reforçam as buscas aos criminosos envolvidos no sequestro e tentativa de homicídio do policial civil.

A empresária informou que o suspeito estava no cativeiro e levou lanche para ela. Ele também é um dos três criminosos que trocaram tiros com os policiais durante perseguição, na madrugada de sábado, no bairro Ouro Fino. Na ação, o investigador Sidney Ribeiro dos Santos foi atingido no rosto e um dos bandidos preso.

Na buy levitra casa, onde o suspeito foi encontrado, uma pistola 638 foi apreendida. A arma foi usada pelos criminosos estava dentro de uma lata de lixo, no banheiro. Também foi apreendido um tablet e uma televisão.

A arma de fogo tem registro de roubo, pertencente a empresa Rainha das Armas, em Várzea Grande. O suspeito confessou a participação no sequestro e disse que fugiu no momento que o policial civil foi alvejado.

Histórico do réu:

buy priligy Em 19 de outubro de 2010, Kelvinho, então com 21 anos, e seu amigo Neilton Duarte de Melo (vulgo “Neguinho”) assassinaram a tiros Jucenil Oliveira dos Santos por dívida de drogas.

Em 2011, em um matagal localizado nos fundos do Posto Amarelinho situado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, Bairro Novo Paraíso, Kelves esfaqueou até a morte Duaney Pereira Dos Santos, vulgo “Barraco Baco”. Não bastando, o réu se deslocou até o posto de gasolina, comprou dois litros de álcool, retornou ao local ateou fogo ao cadáver, para livrar-se dele e de suas digitais.

Por conta do crime, foi condenado no dia 17 de junho de 2013, a 18 anos de reclusão e pagamento de 30 dias multa, no processo 305886, que tramitou na Primeira Vara Criminal, da juíza Monica Catarina Perri Siqueira.


Condenado, mas em liberdade, em 2014 Kelvinho foi preso por tráfico de drogas. Um ano depois, obteve alvará de soltura da 13ª Vara Criminal, “com competência de processar e julgar os feitos relativos aos delitos tóxicos”.


Em liberdade, Kelvinho teria, segundo a Polícia Civil, degolado o taxista Douglas da Silva Dantas, de 34 anos, no dia 08 de agosto deste ano. A vítima foi encontrada morta nas proximidades da lagoa do Aterro Sanitário do Barreiro Branco, em Cuiabá. O corpo estava amarrado e apresentava sinais de perfurações de faca. Familiares da vítima teriam recebido imagens do homem amarrado e ainda com vida, sendo torturado.

Não bastando, no mês seguinte Kelvinho tornou-se novamente réu, em 28 de setembro, pelo homício qualificado com emprego de emboscada de Romário da Silva Gama.

Este cidadão que deveria, segundo o MPE e a própria justiça, cumprir penas diversas na Penitenciária Central do Estado (PCE) por seus crimes, gozava de plena liberdade nas ruas de Cuiabá, resultando, por fim, no seqüestro da clomid online empresária Milene Eubank.

Essa seqüência de tragédias poderia ser evitada, não fosse a “ausência de integração de dados entre os sistemas do Poder Judiciário, Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), que impediram a verificação da existência de condenação por homicídio. Um novo mandado de captura para cumprimento de pena já foi expedido em nome do condenado”, explicou o TJ em nota emitida nesta quarta-feira (22).

Fonte: PJC com Olhar Direto

Last Updated ( Wednesday, 22 November 2017 21:19 )  

TRINCHEIRA LII

Cedo Ainda? A verdade é que já começa a causar reboliço essa conversa de que Marcos Cheba possa ser um virtual candidato ao Legislativo em 2020. Mas já há comentários nesse sentido, levando-se em conta esse seu papel de liderança junto ao governo municipal. Será mesmo? Isso não é incomodan

Persistência e desigualdade

Como fazer para reverter á desigualdade na luta contra os crimes ambientais nos rios de Nobres? A pergunta faz sentido na medida em que se sabe e se vem percebendo que o Rotary Club de Nobres vem insistindo na preservação e em muitos trechos na recuperação da mata ciliar dos rios Nobres e Serra